OS DEPUTADOS QUE NÃO MERECEM NUNCA MAIS O NOSSO VOTO

Veja abaixo a relação de deputados federais e senadores do Rio de Janeiro que aprovaram a cruel “reforma trabalhista” do Governo Temer, que retira direitos dos trabalhadores.

Recomendamos às costureiras, alfaiates e todos os trabalhadores em confecção que guardem essa lista e não votem – e nem deixem seus parentes e vizinhos votarem – nestes que estão a $erviço dos grandes empresários e não do povo brasileiro.

QUEM VOTOU CONTRA OS TRABALHADORES NÃO VAI VOLTAR!

Polegar-Negativo

DEPUTADOS QUE NÃO MERECEM NUNCA MAIS O NOSSO VOTO:

Rodrigo Maia (DEM) – Não votou porque é o presidente da Câmara dos Deputados, mas nessa condição foi ele quem teve o poder de colocar em pauta e acelerar a “reforma”, que foi votada sem discussão com a população. Foi o grande carrasco dos trabalhadores deste país no Congresso Nacional.

Alexandre Serfiotis (PMDB) votou contra os trabalhadores
Altineu Côrtes (PMDB) votou contra os trabalhadores
Arolde de Oliveira (PSC) votou contra os trabalhadores
Celso Jacob (PMDB) votou contra os trabalhadores
Cristiane Brasil (PTB) votou contra os trabalhadores
Francisco Floriano (DEM) votou contra os trabalhadores
Jair Bolsonaro (PSC) votou contra os trabalhadores
Julio Lopes (PP) votou contra os trabalhadores
Laura Carneiro (PMDB) votou contra os trabalhadores
Marcelo Delaroli (PR) votou contra os trabalhadores
Marcelo Matos (PHS) votou contra os trabalhadores
Marcos Soares (DEM) votou contra os trabalhadores
Otávio Leite (PSDB) votou contra os trabalhadores
Paulo Feijó (PR) votou contra os trabalhadores
Pedro Paulo (PMDB) votou contra os trabalhadores
Rosangela Gomes (PRB) votou contra os trabalhadores
Sergio Zveiter (PMDB) votou contra os trabalhadores
Simão Sessim (PP) votou contra os trabalhadores
Soraya Santos (PMDB) votou contra os trabalhadores
Sóstenes Cavalcante (DEM) votou contra os trabalhadores
Wilson Beserra (PMDB) votou contra os trabalhadores.

SENADOR

Eduardo Lopes (PRB-RJ) (suplente obediente ao Crivella) votou contra os trabalhadores.

– – – oOo – – –

Polegar-Positivo

DEPUTADOS QUE FICARAM AO NOSSO LADO:

Alessandro Molon (REDE)
Áureo (Solidariedade)
Benedita da Silva (PT)
Cabo Daciolo (PTdoB)
Celso Pansera (PMDB)
Chico Alencar (PSOL)
Chico D´Angelo (PT)
Dejorge Patrício (PRB)
Deley (PTB)
Felipe Bornier (PROS)
Glauber Braga (PSOL)
Jandira Feghali (PCdoB)
Jean Wyllys (PSOL)
Luiz Carlos Ramos (PTN)
Luiz Sérgio (PT)
Miro Teixeira (REDE)
Wadih Damous (PT)
Walney Rocha (PEN)
Zé Augusto Nalin (PMDB)

SENADORES QUE FICARAM AO NOSSO LADO:

Lindbergh Farias (PT-RJ)
Romário (Pode-RJ).

 

Quem somos

Este é o website oficial do Sindicato dos Oficiais Alfaiates, Costureiras e Trabalhadores nas Indústrias de Confecções de Roupas e de Chapéus de Senhoras dos Municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias e Nova Iguaçu (SOAC). Somos a entidade de representação sindical dos trabalhadores em confecção, representando cerca de 50 mil empregados na base.
A data-base da categoria é 1º de junho e nossos direitos são regidos pelas leis federais, estaduais e municipais e pela Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) assinada entre nosso sindicato e o sindicato das empresas do setor.

Onde ficamos

SEDE

Rua Chaves Faria, 260/3º andar – São Cristóvão – Rio de Janeiro. CEP: 20.910-140. Telefax: (21) 2589-6430 / 2589-7621 e 3860-5110.

Horário de atendimento ao público: de 9h às 18h.

SUBSEDES

Duque de Caxias:
Av. Plínio Casado, 58 – sala 226. CEP: 25.020-010. Telefax: (21) 2671-2413.

Nova Iguaçu: Rua Dr. José Hipólito de Oliveira, 100 salas 211 e 212. CEP: 26.210-130. Telefax: (21) 2667-0363.

Sede Campestre: Estrada do Limoeiro, 285 – Limoeiro – Guapimirim, RJ.

Continue sócio

Mesmo demitido, você e seus dependentes não perdem direito aos benefícios que o sindicato oferece. Basta que continue a contribuir com a
mensalidade de sócio. O pagamento pode ser efetuado diretamente no Sindicato, nas Subsedes ou por boleto bancário, à sua escolha.