Patrões desrespeitam trabalhadores e atrasam CCT 2018

As empresas de confecção do Rio de Janeiro, através do seu sindicato patronal, decidiram desrespeitar seus empregados. Os patrões estão se negando a negociar com dignidade a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) deste ano e, consequentemente, não concedem, sequer, o reajuste dos salários pela inflação.

Trata-se de uma indignidade, um desrespeito, a todos os trabalhadores, que eles da boca para fora tanto gostam de chamar de “colaboradores”. De posse da recente “reforma trabalhista” do desgoverno Temer, os maus empresários decidiram esmagar seus empregados, deixando-os sem Convenção Coletiva, sem reajuste salarial e sem direitos. Esses não são empresários – são escravocratas!

Nosso Sindicato continua insistindo no diálogo e na negociação. Lembramos aos empresários que, se eles acham que agora podem tripudiar sobre os empregados por que estão “por cima da carne seca” com a nova lei trabalhista, elaborada por um governo golpista e aprovada por um Congresso mergulhado em corrupção, nada como um dia após o outro. Amanhã, quando a maré virar – e é apenas uma questão de tempo – não venham pedir “parceria” aos trabalhadores.

Esperamos que o bom senso prevaleça e a negociação da CCT 2018 possa ocorrer dentro de parâmetros dignos e civilizados. As ações de hoje geram consequências amanhã.

Quem somos

Este é o website oficial do Sindicato dos Oficiais Alfaiates, Costureiras e Trabalhadores nas Indústrias de Confecções de Roupas e de Chapéus de Senhoras dos Municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias e Nova Iguaçu (SOAC). Somos a entidade de representação sindical dos trabalhadores em confecção, representando cerca de 50 mil empregados na base.
A data-base da categoria é 1º de junho e nossos direitos são regidos pelas leis federais, estaduais e municipais e pela Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) assinada entre nosso sindicato e o sindicato das empresas do setor.

Onde ficamos

SEDE

Rua Chaves Faria, 260/3º andar – São Cristóvão – Rio de Janeiro. CEP: 20.910-140. Telefax: (21) 2589-6430 / 2589-7621 e 3860-5110.

Horário de atendimento ao público: de 9h às 18h.

SUBSEDES

Duque de Caxias:
Av. Plínio Casado, 58 – sala 226. CEP: 25.020-010. Telefax: (21) 2671-2413.

Nova Iguaçu: Rua Dr. José Hipólito de Oliveira, 100 salas 211 e 212. CEP: 26.210-130. Telefax: (21) 2667-0363.

Sede Campestre: Estrada do Limoeiro, 285 – Limoeiro – Guapimirim, RJ.

Continue sócio

Mesmo demitido, você e seus dependentes não perdem direito aos benefícios que o sindicato oferece. Basta que continue a contribuir com a
mensalidade de sócio. O pagamento pode ser efetuado diretamente no Sindicato, nas Subsedes ou por boleto bancário, à sua escolha.